Bancos de Células terão roteiro padronizado

A inspeção dos BCTGs e dos CPHs são feitas com base nas resoluções

O modelo padronizado de roteiro para uso dos fiscais da Vigilância Sanitária que inspecionam os bancos de tecidos germinativos, de medula e de cordão umbilical está sendo discutido entre a Anvisa e as Vigilâncias Sanitárias de estados e municípios em tempo recorde, graças a ajuda da tecnologia. Antes essas reuniões eram presenciais e , neste mês, a Agência adotou o recurso da videoconferência. 

O roteiro de inspeção precisa ter um padrão único no país para permitir que a avaliação do risco sanitário possa ser comparada, qualquer que seja a localização destes serviços. A medida aprimora a qualidade da fiscalização dos bancos de Células e Tecidos Germinativos (BCTG), que armazenam óvulos, tecidos e embriões, e dos bancos de Células Progenitoras Hematopoéticas (CPH), que guardam medula e cordão umbilical.

A inspeção dos BCTGs e dos CPHs são feitas com base nas resoluções da Anvisa para estes serviços e em outras legislações sanitárias. Com a formatação do roteiro, resultado de uma troca de informações entre a Agência e as Vigilâncias dos estados e dos municípios, os fiscais examinam os ambientes e preenchem um formulário padrão com a situação encontrada. A harmonização permitirá que todos os bancos sejam inspecionados com os mesmos critérios de avaliação.

Com a ajuda da videoconferência, a Anvisa manteve entendimento com 81 fiscais das Vigilâncias das regiões Sul e Sudeste nos dias 1º, 15 e 25 de junho. Para que se possa ter uma ideia da eficácia desta tecnologia, as reuniões presenciais realizadas anteriormente, de caráter nacional, reuniam de 40 a 45 representantes das Vigilâncias. Na segunda semana de julho, as reuniões interativas alcançarão as regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste.

Durante a videoconferência, os técnicos da Gerência-Geral de Sangue, Outro Tecidos, Células e Órgãos anunciaram que a Anvisa promoverá, em agosto, a capacitação dos fiscais para inspeção em Centros de Tecnologia Celular (CTCs), núcleos onde são manipuladas as células utilizadas em terapia celular. O encontro acontecerá na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Curitiba, no Paraná, em data a ser definida.

Fonte: Anvisa

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari