Câmara discutirá fiscalização da rede privada de saúde


A Comissão de Seguridade Social e Família realizará nesta terça-feira (24) audiência pública para debater as regras para a fiscalização

A iniciativa do debate é da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Ela reclama da ausência de regras para a fiscalização dos hospitais privados e decidiu debater esse tema por causa da morte, no dia 14 de fevereiro, do filho do ex-deputado federal Flávio Dino.

Marcelo Dino foi internado em um hospital privado de Brasília vítima de uma crise aguda de asma. No dia em que receberia alta do hospital, Marcelo passou mal e morreu.

“A batalha que nosso companheiro Flávio Dino está travando é digna de registro e de aplauso. Uma batalha por justiça. Uma batalha para que os milhões de brasileiros que utilizam a rede privada de saúde tenham o amparo do Poder público para a necessária fiscalização dos serviços prestados e a punição rigorosa dos que colocam a vida humana em risco”, afirma Jandira.

Protesto
Hoje, matéria do jornal Correio Braziliense denuncia que, no Distrito Federal, cardiologistas estão cobrando cirurgias à parte mesmo que a pessoa esteja em dia com as mensalidades do plano de saúde. A Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular diz que não orientou os médicos a cobrarem procedimentos à parte.

Os médicos reclamam do valor dos honorários pagos pelos planos de saúde. Eles também reclamam que os planos de saúde não informam a seus clientes quanto eles repassam aos médicos.

Nesta terça-feira (24) à noite, entidades que representam os médicos vão acender 600 velas em frente ao Congresso Nacional em alusão aos 684 mil usuários de planos de saúde no DF.

Debatedores
Foram convidados: - um representante do Ministério da Saúde; - o representante do Conselho Federal de Medicina Emmanoel Cavalcanti; - o presidente da Federação Brasileira de Hospitais, Luiz Aramicy Pinto; - o diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Maurício Ceschin; - a procuradora regional da República da 3ª Região (SP), Maria Iraneide Facchini.

A reunião será realizada às 14h30, no Plenário 7.

Fonte: Agência Câmara

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari