CCJ debaterá projeto que regulamenta a ortotanásia

O projeto já foi aprovado com alterações pela Comissão de Seguridade Social e Família e aguarda votação na CCJ

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania realizará audiência pública nesta quinta-feira (21) para discutir o Projeto de Lei 6715/09, do Senado,que ermite ao doente terminal optar pela suspensão dos procedimentos médicos que o mantêm vivo artificialmente (ortotanásia).

O projeto já foi aprovado com alterações pela Comissão de Seguridade Social e Família e aguarda votação na CCJ. O debate foi proposto pelo relator da proposta, deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), que quer colher subsídios para seu parecer.

“A ortotanásia é a morte natural, sem interferência da ciência. Certas autoridades científicas e intelectuais entendem que a intervenção terapêutica, contra a vontade do paciente, é um atentado contra sua dignidade. A sociedade em geral e as famílias, particular têm a preocupação com a salvaguarda da qualidade de vida da pessoa, mesmo na hora da morte”, disse.

A ortotanásia difere da eutanásia, que é o ato de provocar a morte de um doente para pôr fim a seu sofrimento, geralmente pela aplicação de uma dose letal de medicamentos ou pela suspensão da alimentação (em caso de pacientes vegetativos).

Foram convidados para o debate: 

- o ministro da Saúde, Alexandre Padilha; 
- o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto; 
- o presidente do Conselho Federal de Medicina, Roberto Luiz D`ávila; 
- o presidente da Associação Médica Brasileira, José Luiz Gomes do Amaral;
- o presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, José Wellington
Bezerra da Costa; 
- o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, dom Raymundo Damasceno; 
- a diretora do Centro Interdisciplinar em Estudos da Bioética do Hospital São Francisco de Assis, Elisabeth Kipman Cerqueira;
- o professor da Universidade do Rio de Janeiro Rodolfo Acatauassú Nunes.

A reunião será realizada às 10 horas, no Plenário 1.

Fonte: Agência Câmara

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari