CFM critica exame feito para admissão

Parecer diz que a empresa deve se limitar a pedir exames previstos na legislação

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou um parecer em que classifica como inaceitável e discriminatório o pedido de exames laboratoriais para saber se o candidato a um emprego é usuário de drogas. O documento, aprovado em plenário do colegiado, diz que a empresa deve se limitar a pedir exames previstos na legislação e apenas com finalidade de avaliar a capacidade de trabalho do futuro empregado.

O parecer observa também que os exames toxicológicos podem apresentar resultados negativos. Para isso, basta a interrupção do uso da droga por um período entre 3 e 30 dias. Para o CFM, a alternativa é a realização de um exame pré-admissional rigoroso, com exame psicológico e avaliação psiquiátrica. O parecer é uma recomendação. Não tem caráter de obrigatoriedade.

Fonte: LÍGIA FORMENTI / BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari