Erro de diagnóstico de câncer atinge um terço de jovens britânicos

Um terço dos jovens com câncer não obtém o diagnóstico correto ao irem ao médico

Uma recente pesquisa no Reino Unido mostrou que os médicos rejeitam o diagnóstico de câncer em um terço dos adolescentes que procuram ajuda, e que realmente têm a doença. Um em cada quatro jovens precisa retornar ao consultório no mínimo quatro vezes antes de serem levados a sério pelos especialistas. Os dados são do Daily Mail.

Os números indicam que 12% dos ``rejeitados`` ainda tiveram que ouvir do médico que estavam apenas ``tentando chamar a atenção``, enquanto que 15% foram diagnosticados em primeira instância como tendo ``apenas um vírus``. Outros diagnósticos errados incluem indigestão, tontura e até gripe suína.

O estudo foi realizado pelo Teenage Cancer Trust`s 2012 com 300 pacientes com câncer entre 13 e 24 anos, levando em conta seus primeiros sintomas da doença. Os indícios mais comuns entre os jovens são dores persistentes e inexplicadas, cansaço extremo, perda drástica de peso, inchaço ou caroços e mudanças em pintas.

Os pesquisadores alertam que os resultados ressaltam a falha de diagnóstico precoce nos casos de câncer em jovens.

Os erros de diagnóstico mais comuns nos casos de câncer de adolescentes foram:
- infecção ou vírus (15%)
- não é nada/você quer chamar a atenção (12%)
- lesão causada por esporte (10%)
- estresse, depressão (6%)
- distúrbio alimentar (2%)

Fonte: Portal Terra

<<Voltar para Notícias



Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari