Família denuncia erro médico no Pronto-Socorro da Criança à Polícia

A família da criança ouviu a médica acusando a enfermeira responsável de ter aplicado remédio por meio errado

Um bebê de quatro meses foi internado, hoje, no Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Pronto-Socorro da Criança, Rua Codajás, na zona sul, após receber uma medicação de forma errada na mesma unidade.

A família da criança ouviu a médica acusando a enfermeira responsável de ter aplicado na veia do bebê um remédio que deveria ser ministrado via oral e resgistou um Boletim de Ocorrência no 7º Distrito Integrado de Polícia (7º DIP).

A dona de casa Aurilene Mafra de Souza, 33, avó do menino, disse que estava acompanhando o neto, quando uma enfermeira chegou para aplicar uma medicação na veia, às 7h45. Ela contou que assim que a medicação foi aplicada o menino ficou roxo e começou a ter convulsões. “A médica foi chamada e ao ver que o remédio estava na veia gritou com a enfermeira que ela ia matar a criança, porque o remédio era para ser aplicado via oral e mandou esta enfermeira sumir do hospital“, afirmou.

A estudante Adriele Mafra Souza, 16, mãe do bebê, contou que na última sexta-feira ele havia sido diagnosticado com princípio de pneumonia no Caic Educandos e foi levado ao Pronto-Socorro da Criança na noite de sábado porque continuou com febre. “Disseram que ele estava bem e ficaria apenas em observação”.

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam), informou que o estado da criança é grave, e vai abrir uma sindicância para apurar o caso.

Fonte: D24am



<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari