Hospital britânico terá que pagar R$ 33 mi a paciente

O jovem de 19 anos sofreu danos cerebrais irreversíveis após ter sido internado

O hospital britânico Stepping Hill concordou em pagar uma indenização vitalícia no valor de 10 milhões de libras (cerca de R$ 33 milhões) à família de Zach Petrou.

O jovem de 19 anos sofreu danos cerebrais irreversíveis após ter sido internado em um hospital quando tinha sete meses de idade.

Ele teria sido privado de oxigênio durante um tratamento e depois ficou com a idade mental de um bebê.

O pai de Zach, Andros Mathou, conta que às vezes ele e sua mulher se sentem física e mentalmente exaustos por ter de cuidar do jovem dia e noite.

``Mas é nosso filho, diz ele, é preciso ter força interna. E nós o amamos imensamente``.

Apesar de ter praticamente aberto mão de sua vida, Andros conta que se ele voltasse dezoito anos no tempo, faria tudo novamente.

A mãe, Margaret Petrou, conta que o casal pensa no filho como ele era quando tinha pouco mais de sete meses, quando ele foi foi internado.

``Quando ele tinha seu caráter, personalidade e identidade. Tudo isso se foi. Sentimos que perdemos nosso filho``, afirma.


Fonte: Diário de Pernambuco / BBC

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari