Laudo sobre ossadas em faculdade só sai em um mês

Corpos foram achados enterrados em jardim

O laudo sobre as ossadas encontradas enterradas anteontem no jardim da Universidade São Marcos, no Ipiranga, zona sul, deve demorar ao menos um mês para ficar pronto, segundo a delegada Cíntia Tucunduva.

A polícia recebeu denúncia anônima e encontrou 15 crânios, ossos, três fetos e os corpos de uma criança e de um adulto. Tudo foi enterradas após a desativação de um laboratório de anatomia.

Os dirigentes da universidade são investigados sob suspeita de ocultação de cadáver.

Seis pessoas foram ouvidas pela polícia, entre elas a reitora da São Marcos, Maria Aurélia Varella, o zelador que teria enterrado o material e o interventor responsável pela parte financeira da São Marcos - que foi descredenciada pelo MEC, em março.

Ontem, o MEC publicou no ``Diário Oficial da União`` o encerramento de 86 cursos- resultado do descredenciamento da instituição.

A reitora disse que não sabia que as ossadas haviam sido enterradas e que avisou o interventor da necessidade de enterrar em um cemitério.

À polícia, o interventor disse que não foi dele a ordem para enterrar as ossadas.


Fonte: Folha de S.Paulo

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari