Maquiagem para crianças gera polêmica

Anvisa afirma que medida aumenta exigências a empresas

O uso de desodorantes, maquiagem e perfumes por crianças voltou a ser tema de polêmica após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) abrir consulta pública para definir regras para a venda dos produtos.

Pais e especialistas se dividem sobre a medida. De um lado, a consulta vai permitir a definição de regras claras e específicas para o público infantil, como fórmulas de produtos ou explicações de rótulos para evitar acidentes.

De outro, pode incentivar ainda mais os pequenos a usar produtos de adultos.

No meio dessa polêmica estão os fabricantes que estão de olho no mercado. A dermatologista do Hospital Bandeirantes Susy Rabello diz que a regulamentação é importante, mas pondera que os pais não devem estimular os filhos a usá-los.

Segundo ela, a maquiagem precoce pode trazer alergias. Outro perigo: maquiagem de bonecas não podem ser usadas por crianças. ``Quanto mais tarde começar a usar, melhor``, diz.

Para a psicóloga Mariana Schwartzmann, especialista em adolescência pela Unicamp, a consulta pública é ``uma decisão mercantilista``. ``A maquiagem tem conotação de sedução, portanto, estaríamos sexualizando precocemente a criança.``

Para Marcelo Sidi Garcia, da Anvisa, a consulta servirá para proteger as crianças. ``Vamos aumentar o grau de exigência nos testes para fabricar esses produtos``, diz.

Julia Fossa, 10, aprendeu a se maquiar observando a irmã Tatiane, 19. ``Minha irmã faz pinturas lindas``, diz Julia.``Formamos uma boa parceria porque ela me maquia e eu, a ela``, diz Tatiane.

Fonte: Folha de S.Paulo / TATIANA CAVALCANTI

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari