SC: médico é condenado por esquecer lâmina em paciente

O ortopedista condenado alegou que a retirada da lâmina poderia atrapalhar e atrasar a recuperação do paciente

Um médico ortopedista terá que pagar R$ 15 mil de indenização por ter esquecido a lâmina de um bisturi dentro do joelho de um paciente. A condenação foi confirmada pela Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. 

O caso ocorreu há dez anos, em Blumenau. Após se submeter a uma cirurgia para reconstruir parte dos ligamentos, o paciente chegou a realizar consultas e um raio-x, mas o objeto não foi localizado. Apenas em 2003, um ano depois da operação, um médico descobriu que a lâmina do bisturi ainda estava no joelho direito do autor da ação. 

Na decisão, o relator Ronei Danielli não acatou a alegação do médico de que não teria ocorrido imperícia. O magistrado chegou a anotar que, mesmo que a conduta mais adequada fosse a manutenção do fragmento na articulação para não prolongar a recuperação do paciente, a conduta médica teria sido ``negligente``. 

``A perda de um fragmento de bisturi, expressão utilizada pelo médico na observação constante do prontuário médico, e a não extração demonstram que houve conduta negligente e antijurídica durante a cirurgia``, assinalou o desembargador na decisão. Por unanimidade, a Justiça estipulou a indenização em R$ 15 mil. O ortopedista pode recorrer da decisão. 


Fonte: Portal Terra / Fabricio Escandiuzzi

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari