MT Saúde: Assembleia e sindicatos discutem mudanças

Projeto de lei complementar regulamenta o programa de assistência do servidor público

Ontem o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PSD) e o deputado José Domingos Fraga, reuniram-se com o secretário de Administração, César Zílio e com dirigentes de dez sindicatos e associações de Mato Grosso para debater o novo modelo de gestão do MT Saúde estabelecido no projeto de lei complementar que regulamenta o programa de assistência do servidor público. 

Posteriormente, será lançado o edital de licitação para a contratação do novo modelo de gestão para atender o MT Saúde, plano de saúde dos servidores públicos do Poder Executivo Estadual. 
``É preciso ser sincero e admitir que do jeito que está o MT Saúde, não pode ficar. Acreditamos que é fundamental promover este diálogo para chegar a um consenso emergencial, pois muitos cidadãos necessitam deste serviço``, disse Riva. 

César Zílio lembrou que o projeto encaminhado ao Poder Legislativo foi debatido com o Fórum Sindical e os ajustes que forem solicitados serão promovidos para construir um consenso entre Governo, Assembleia Legislativa, sindicatos e usuários. Depois da apreciação dos parlamentares, será lançado o processo licitatório. 

``A assistência de saúde é uma política de governo, que admitimos que não está sendo entregue à contento. Então, estamos debatendo há tempos para lançar o edital de licitação e conseguir uma tabela até 40% mais barata do que os outros planos privados, pois o potencial de servidores que pertencem ao plano e podem aderir é grande``, explicou Cesar Zílio após destacar que aproximadamente 45 mil pessoas, entre titulares e dependentes, fazem parte atualmente do MT Saúde. 

Entre a solicitação dos sindicatos, está à inclusão no projeto encaminhado ao legislativo, a tabela do plano de saúde com subsídio e escalonamento. O secretário de Administração explicou que será realizada a licitação, por isso não é possível delimitar preço para pagamento neste momento. 

Presidente do Fórum Sindical e do Sindicato dos Trabalhadores da Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa (Sinterp), Gilmar Brunetto, pontuou que a preocupação dos servidores é com o retorno no atendimento, ampliação dos hospitais conveniados, leitos e médicos. 

Fonte: Kleverson Souza - Só Notícias

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari