Portugal: Baixa médica por erro

Almada: Hospital amputou a perna a doente depois de uma operação às varizes

O Hospital Garcia de Orta, em Almada, suspendeu uma médica e aplicou a outro clínico uma multa na sequência do erro cometido contra Anabela Borges, 38 anos, residente em Charneca de Caparica, a quem foi amputada a perna esquerda após uma operação às varizes. O caso já foi entregue ao Ministério Público e à Inspecção da Saúde.

Contactado pelo CM, o hospital não quis ``revelar nem o valor da compensação pecuniária nem o tempo de suspensão da médica``, que está de baixa desde Março, data em que foi cortada uma artéria da utente em vez de uma veia. Apenas garantiu que ``tem prestado todo o tipo de apoio`` à utente e que tem ``todo o interesse`` em indemnizá-la pelos danos causados.

Os médicos têm, a partir de agora, 90 dias para contestar a decisão, mas, até lá, vão continuar a exercer funções no serviço de cirurgia vascular.

O caso está a ser avaliado pelo Conselho Disciplinar da Ordem dos Médicos (OM). ``Iremos avaliar as circunstâncias em que aconteceu esta infelicidade, para ver se o próprio hospital não tem responsabilidades, e aplicar as sanções correspondentes, se for caso disso``, garantiu o bastonário, José Manuel Silva. Paulo Sancho, consultor jurídico da Ordem, diz que há mais casos de negligência.

Fonte: Jornal Correio da Manhã (Portugal)

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari