STJ determina que erro médico seja julgado como homicídio

A decisão pretende diminuir a quantidade de erros no país

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) anunciou, na última quinta-feira (28), que erros médicos que levem à morte de pacientes devem ser julgados como homicídio. A determinação vale, inclusive, para casos em que a equipe médica adia o parto e a criança morre.

A decisão do órgão abriu precedentes em todo o Brasil e pretende diminuir o número de erros.


Fonte: R7

<<Voltar para Notícias




Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari