Usuário de plano de saúde terá número de Cartão SUS

Medida vai facilitar ressarcimento do Estado por atendimentos na rede pública

Cerca de 30 milhões de usuários de planos de saúde foram cadastrados pelo Ministério da Saúde e ganharam um número de Cartão SUS. 

A proposta do governo é que as carteirinhas dos planos emitidas nos próximos meses tragam o número da inscrição no cadastro federal, disse ontem o ministro Alexandre Padilha (Saúde). 

Agora, com o número associado ao usuário do plano de saúde, o ministério pretende facilitar a identificação de pessoas que pagam pelos planos de saúde, mas são tratadas pelo SUS. E, dessa forma, cobrar dos planos de saúde o ressarcimento pelo serviço. 

Desde o fim da década de 90, o governo tenta implementar uma espécie de cadastro nacional com dados de pacientes da rede pública. 

No ano passado, após mais de R$ 450 milhões gastos no projeto, o governo apresentou uma versão simplificada do cartão. Foi promessa de campanha da presidente Dilma Rousseff a implantação, em todo o país, de um sistema que gerencie esse cartão. 

Desde fevereiro deste ano, a rede púbica cobra o registro do Cartão SUS para internações e procedimentos de alta complexidade. Se o paciente não tem o cadastro, ele deve ser feito na hora. 

RECORDE 

Segundo Padilha, R$ 82 milhões foram devolvidos ao SUS pelos planos em 2011, pagamentos recorde, relativos a procedimentos realizados no ano passado ou antes disso. Em 2010, o ressarcimento foi de R$ 15,4 milhões. 

O ministério deve enviar, nos próximos dias, o banco de dados com os números dos cartões de usuários dos planos para a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). A agência vai, então, repassar para as operadoras, que deverão fornecer o número ao seu cliente. 

Padilha disse que a ANS deverá estabelecer um cronograma para que isso ocorra -a previsão inicial era 6 de junho. Porém, mais importante do que saber o número é ter o número registrado no sistema, afirmou ele. 

``A pessoa pode só se apresentar, com nome e os dados dela no serviço de saúde. É possível, no cadastro, ver se tem os dados dela lá.`` 

Fonte: Folha de S.Paulo / JOHANNA NUBLAT

<<Voltar para Notícias



Receba as nossas novidades em seu e-mail.
Nome:

Data de Nascimento:

Email:




Esclarecimento de quaisquer dúvidas, no prazo de 48 atendimento jurídico virtual(quarenta e oito) horas nas áreas trabalhista (preventiva e contenciosa) e da saúde, através de atendimento virtual.

MAIS

Avenida Paulista, 2.202 – conj. 31 - Cerqueira Cesar – São Paulo - CEP 01310-932
Telefone: (11) 4063-0693 - E-mail: mnmakino.direitomedico@gmail.com
Website desenvolvido por: Andréa Mari